Você sabe para que serve o óleo no sistema de ar condicionado do seu carro?

Você sabe para que serve o óleo no sistema de ar condicionado do seu carro? Todo sistema de ar condicionado automotivo precisa também de óleo lubrificante circulando juntamente com o fluído refrigerante. Você sabia disso?

Mas não é um óleo do ar condicionado comum como se pensa no primeiro instante. É até errado chamar este lubrificante de óleo. Este lubrificante possui características tão especiais que o fazem único.

Ele possui baixíssima viscosidade o que o faz perfeito capaz de lubrificar perfeitamente todo o sistema de ar condicionado. Por onde se passa o fluído refrigerante.

Fluído refrigerante do ar automotivo

Este óleo tem uma propriedade única e superinteressante capaz de associar-se ao fluído refrigerante do ar automotivo. Sem reagir quimicamente com ele permitindo realmente a circulação por todo o sistema eficientemente.

Outro fato é que este óleo mesmo em baixas temperaturas não congela de jeito nenhum. E mais sua composição química evita qualquer tipo de reação química com os anéis de vedação de borracha.

Este lubrificante forma perfeitamente uma película protetora por todo o caminho percorrido. Em mangueiras e dutos internos de alumínio protegendo contra oxidação. Consequentemente furos que venham a provocar vazamentos.

VOCÊ SABE PARA QUE SERVE O ÓLEO NO SISTEMA DE AR CONDICIONADO DO SEU CARRO?

Mas a principal função, além do benefício que causa em todo sistema, lubrificando-o. E evitando a corrosão e a oxidação protege o compressor de ar condicionado. Único componente do sistema que é dotado de peças móveis. Internamente composto por pistões e válvulas que comprimem o fluído refrigerante.

Em alta pressão e temperatura esses componentes do compressor de ar condicionado automotivo. Para evitar desgastes precisam literalmente de lubrificação. É ai que entra a principal função deste lubrificante.

Carga de gás do ar condicionado automotivo

O lubrificante indicado para o sistema que adota o fluído refrigerante R134a é o de base sintética. Enquanto que nos sistemas antigos que adotavam o fluído R12. Eram de base mineral devido às propriedades distintas destes dois tipos de lubrificantes.

Não podem em hipótese alguma ser misturados ou mesmo terem suas aplicações invertidas. Sob a pena de danos irreparáveis ao compressor e a todo o sistema de ar condicionado do veiculo.

O AR CONDICIONADO DIMINUI O STRESS E AUMENTA SEU NÍVEL DE ALERTA NO TRÂNSITO

Faça sua Perguntas Aqui e solicite seu serviço gratis na loja.

× Contato Whatsapp