Consumo do ar condicionado automotivo

O consumo a mais gerado pelo uso do sistema de ar condicionado automotivo é compensado pelo seu conforto e, é claro, pela sua maior segurança no trânsito, pois andar com os vidros fechados com certeza é muito mais seguro. O consumo gerado a mais com a utilização do ar condicionado automotivo pouco influencia no bolso (cerca de 10% a mais no gasto), levando em conta a sua segurança e de sua família e, desta forma, a nosso ver há esta compensação que deve ser levada em conta (Conforto, Segurança). Isto, quando está trafegando na cidade, no trânsito… Se andar com os vidros abertos em trânsito lento, certamente estará economizando cerca de 10% no gasto com combustível, mas, por outro lado, estará correndo o risco de sofrer algum roubo, assalto, sequestro, etc. Desta forma é bem melhor andar com os vidros fechados e ar condicionado ligado, não acha?

Agora, se andar com os vidros abertos, em autoestradas, a conversa muda. Existem duas variáveis neste mesmo assunto: “Andar com vidros abertos economiza combustível?” Isto porque, se levarmos em conta o arrasto causado pelos vidros abertos e o consumo gerado pelo próprio ar condicionado veicular ligado.

Se você andar com os vidros abertos em uma estrada, com certeza a velocidade é grande e, com certeza provocará uma forte turbulência, aumentando o arrasto aerodinâmico. Os vidros abertos permitirão entrada de ar para dentro do veículo e, ao mesmo tempo não o deixando sair, provocando assim um efeito semelhante a um grande paraquedas e, gerando uma grande força no sentido contrário ao movimento do carro. Tudo isso resultará em mais combustível consumido pelo motor.

Na década de 1980, quem puxar pela memória, vai lembrar-se dos veículos naquela época que possuíam nos vidros traseiros, umas espécies de janelas basculantes, cuja principal função era a de reduzir a turbulência, buscando um pouco mais de economia, isto porque boa parte dos veículos não possuía ar condicionado.

Mostram os estudos que, um veículo rodando acima de 80 km/h o arrasto fica tão grande a ponto de não compensar manter os vidros abertos, isto porque, comprovado está que o consumo pode aumentar em torno de 10 a 12%.

A coisa de um tempo para cá tem mudado de figura. Cerca de 70% da frota nacional já está saindo de fábrica com o Ar Condicionado do carro, pois andar com vidros abertos perdeu com certeza o sentido… Com o Ar Condicionado ligado, além do conforto térmico, o nível de ruído diminui em muito devido à vedação à passagem do vento. Por isso, andar com vidros fechados em autoestradas melhora a aerodinâmica e reduz o consumo.

Mas, andando com o carro na cidade, a velocidade do vento pouquíssimo irá influenciar no consumo. Agora, se o ar condicionado carro estiver ligado, o mesmo irá exigir do motor em torno de 10% mais de combustível. Nessa condição realmente vale a pena abrir os vidros e desligar o ar condicionado para “economizar”? Sinceramente falando, é melhor manter o ar condicionado ligado, na cidade ou na estrada, pois o consumo causado pelo sistema de ar condicionado veiculo é realmente compensado pelo conforto gerado e pela sua própria segurança e de sua família.